Nosso primeiro post, vamos saber o porque e quais os tipos de “cabeça” dos parafusos.
Um unico modelo de parafuso pode ter varias aplicações, e para cada aplicação uma ferramente de fixação, com tudo para cada ferramente de fixação é um tipo de cabeça.
Vejamos abaixo algums dos mais comuns.

Parafuso de cabeça hexagonal (sextavada):

Em geral, esse tipo de parafuso é utilizado em uniões que necessitam de um forte aperto, sendo este realizado com auxílio de chave de boca ou de estria.
Este parafuso pode ser usado com ou sem porca. Quando usado sem porca, a rosca é feita na peça.
  • de cabeça-tronco cônica (escareada):
Muito empregado em montagens que não sofrem grandes esforços e onde a cabeça do parafuso não pode exceder a superfície da peça. São fabricados em aço, aço inoxidável, cobre, latão, etc.
  • de cabeça redonda:
Também muito empregado em montagens que não sofrem grandes esforços. Possibilita melhor acabamento na superfície. São fabricados em aço, cobre e ligas como latão.
  • de cabeça escareada abaulada:
São utilizadas na união de elementos cujas espessuras sejam finas e quando é necessário que a cabeça do parafuso fique embutida no elemento. Permitem um bom acabamento na superfície.
São fabricados em aço, cobre e ligas como latão.
Parafuso prisioneiro:


São parafusos roscados em ambas as extremidades, utilizados quando necessita-se montar e desmontar frequentemente. Em tais situações, o uso de outros tipos de parafusos acaba danificando a rosca dos furos.
Cabeça cilíndrica com sextavado interno (Allen):

Utilizado em uniões que exigem bom aperto, em locais onde o manuseio de ferramentas é difícil devido a falta de espaço. São normalmente fabricados em aço e tratados termicamente para aumentar sua resistência à torção.

Parafusos – Tipos de cabeça